Crônica II - Heróis


Avatar do usuário

Mensagens: 1620

Registrado em: 13 Jan 2014, 19:00

Mensagem 21 Mar 2016, 15:35

Re: Crônica II - Heróis

- Inferno.

Sabbah não tinha muitas opções restantes. Sacou o arco, colocou a flecha, e a deixou voar. Estava ferido demais para arriscar o corpo a corpo novamente.
Imagem
- Six shots...
#FreeWeizen
Avatar do usuário

Mensagens: 3320

Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03

Mensagem 21 Mar 2016, 21:23

Re: Crônica II - Heróis

Capítulo 4
A Ira de Gilthunder


Sabbah praguejou quando encaixou mais uma flecha em seu arco e disparou. E mais uma vez a seta se estilhaçou na armadura.

Gilthunder balançou a cabeça.

- Vocês são perda de tempo e se mostraram uma enorme decepção...

Ele parece querer atacar mais uma vez Hendrid, mas ao invés de outro corte ele vem em um encontro rápido e pesado e seu ombro de metal acerta em cheio o peito do rapaz que em segundos está no chão, olhando o céu. Então ele se vira e parte em direção a Kain, passos pesados, arrastados. Para, imponente.

- O que vai fazer seu verme?

Lá atrás Alice ainda tinha sede de sangue. Com sua última gota de poder mágico ela invoca uma cobra translúcida que emana uma fumaça negra. O espirito se lança contra o rosto de Gilthunder e desfere três mordidas seguidas, e quando some, deixa o cavaleiro sangrando, em seguida mais uma onda de frio emana de Alice indo direto no inimig0.

- O que...

Hendrid ao fundo se levanta e apela pela sanidade do inimigo, mas tudo que consegue arrancar dele é uma gargalhada.

- Matá-la? Seu caipira idiota, a chance de matar Alicia já passou, agora é hora de acabar com vocês e sair daqui.

Kain segura a lâmina com sua mão e sente seus dedos serem cortados. Não havia mais como fazer uma investida, então teria que atacar dali mesmo. Ele investe e... A ponta passa direito por total inabilidade, o corpo gira e Kain acaba pisando nas próprias vestes, terminando num tombo onde cai sentado em uma cena ridícula. Gilthunder não resiste e começa a rir.

- HAHAHAHAHAHA, VOCÊS SÃO PATÉTICOS...

Ele realmente parece ter achado graça daquilo, e sua gargalhada revela que ele baixou sua guarda.

--------------------------------
Ordem de Iniciativa: Sabbah, Gilthunder, Alice, Aldred, Hendrid e Kain.

Aldred: -10 Pv's.

Sabbah: 2 Pv's.

Hendrid: 2 Pv's

Kain: 14 PV's/Está muito envergonhado, -4 nos próximos ataques nas próximas 2 rodadas, que acumula por está usando o braço inábil.

A magia de Alice irá durar 3 rodadas; 2/3.
------------------------------
Imagem
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 3816

Registrado em: 22 Jul 2015, 21:23

Mensagem 23 Mar 2016, 03:46

Re: Crônica II - Heróis

-Serpent's Benediction - Nidhogg's Spawn.

Ondulando seus braços fazendo uma alusão ao serpenteado de um cobra, Alice mais uma vez invoca aquela estranha cobra translucida e negra.

John Lessard escreveu:Lá atrás Alice ainda tinha sede de sangue. Com sua última gota de poder mágico ela invoca uma cobra translúcida que emana uma fumaça negra. O espirito se lança contra o rosto de Gilthunder e desfere três mordidas seguidas, e quando some, deixa o cavaleiro sangrando, em seguida mais uma onda de frio emana de Alice indo direto no inimigo.

- O que...


- Gostou do meu "truque" Gilzinho?

Alice dava um sorriso malévolo enquanto zomba de Gilthunder... ele ofegava um pouco mas sentia que iria triunfar naquela noite....

John Lessard escreveu:Hendrid ao fundo se levanta e apela pela sanidade do inimigo, mas tudo que consegue arrancar dele é uma gargalhada.


-....

Alice se segurou para não zombar do colega tambem, agora não era o momento... quem sabe mais tarde? Com certeza mais tarde!

John Lessard escreveu:Kain segura a lâmina com sua mão e sente seus dedos serem cortados. Não havia mais como fazer uma investida, então teria que atacar dali mesmo. Ele investe e... A ponta passa direito por total inabilidade, o corpo gira e Kain acaba pisando nas próprias vestes, terminando num tombo onde cai sentado em uma cena ridícula. Gilthunder não resiste e começa a rir.

- HAHAHAHAHAHA, VOCÊS SÃO PATÉT.....


- Serpent's Benediction - Nidhogg's Spawn.

Alice nem espera Gilthunder terminar de falar, vendo um brecha em sua guarda ela apenas aproveita o momento para mais uma vez ataca-lo.

Irei usar Invocar animal 1 novamente da mesma maneria, de um jeito que ela flanqueie Gil faisca, logo depois vou sacar minha adaga com minha ação de mov.
Se os ataques acertarem Alice zomba mais uma vez de Gil faisca, apontando a adaga para ele, terminando com um riso meio sinistro e cruel
- Patético é você Gilthunder... indo atras de menininhas tolas e camponeses aleijados ou manetas ... mas agora você mexeu com a pessoa errada... eu sou diferente, eu sou a serpente que vai te devorar por inteiro, hahahahaha....
Se os ataques errarem:
- Tsc, que insistência Gilzinho! Por que você não me faz um favor e cai logo como o "heroi" ali?
Ela fala isso apontando pro Aldred....
Editado pela última vez por Senimaru em 24 Mar 2016, 01:02, em um total de 2 vezes.
Avatar do usuário

Mensagens: 15613

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 23 Mar 2016, 15:54

Re: Crônica II - Heróis

Aldred:

- ...
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 11264

Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Mensagem 23 Mar 2016, 16:19

Re: Crônica II - Heróis

Kain apenas se levanta e em seguida apenas fala.

Queime!

Enquanto faz um raio de fogo contra seu inimigo.

Nem sei mais, mas quanto tempo ainda dura meus Globos de Luz? Se ainda estiverem ativo vou sempre ordenar que que continuem ofuscando Gilthunder e ataco com um raio de fogo
.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.
Avatar do usuário

Mensagens: 295

Registrado em: 23 Mai 2015, 11:58

Localização: Malpetrim

Mensagem 25 Mar 2016, 15:12

Re: Crônica II - Heróis

Parecia que o homem não entendeu direito o que Hendrid quis dizer. Mas pelo menos agora ele estava com a guarda baixa. Usando uma estratégia diferente, Hendrid corre até o homem para dar uma voadora em sua barriga (ou nas costas, se ele estiver virado). Desta forma, não precisaria usar a mão esquerda e suas chances de acertar Gilthunder aumentariam.

com uma investida e de preferência flanqueando, atacarei desarmado, chutando, pra não ter a penalidade por usar a mão inábil
Avatar do usuário

Mensagens: 1620

Registrado em: 13 Jan 2014, 19:00

Mensagem 26 Mar 2016, 17:20

Re: Crônica II - Heróis

Só restava à Sabbah ficar quieto e atirar. Ele não tinha uma boa posição para flanquear o inimigo ou utilizar de golpes sujos ali, e não era exatamente um bom lutador. O arco era sua única opção, por mais inútil que fosse.


Flecha. De novo.
Imagem
- Six shots...
#FreeWeizen
Avatar do usuário

Mensagens: 3320

Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03

Mensagem 28 Mar 2016, 11:35

Re: Crônica II - Heróis

Capítulo 4
A Ira de Gilthunder


Não havia mais escolha. Sabbah sabia que que não poderia mais enfrentar aquele adversário no mano a mano, ou acabaria morto. Por isso encaixa mais uma flecha em seu arco, prende a respiração e dispara. A seta voa e a ponta se encaixa na brecha da armadura, uma fenda minúscula. Gilthunder resmunga, e ataca Kain em sua frente. A Lâmina corta na região das costelas, profundamente.

Mais atrás, uma última onda de frio emana de Alice. Em seguida a garota usa sua última gota de poder mágico e invoca mais uma vez a cobra translúcida. Gilthunder parece cambalear, a cobra dá seu bote, uma, duas, três vezes. Os dois primeiros mordidas no rosto e o último afundou suas presas na garganta. O cavaleiro se curva com o sangue escorrendo.

Não perdendo tempo, Hendrid avança com um grito e uma última tentativa. Sua adaga está em mãos, porém o que ele faz, ninguém esperava. Ele salta no ar, mas não para uma acrobacia, mas sim para um golpe ousado. O rapaz acerta o peito do ferido cavaleiro, em uma inacreditável voadora de dois pés. Gilthunder é arremessado para trás, batendo contra a carruagem destruída e deslizando derrotado.

Todos estão ofegantes e por alguns segundos, ninguém parece acreditar naquilo.

Hendrid está no chão zonzo, quando a primeira gota de chuva cai em seu rosto. Ao longe tochas surgem na escuridão. Legionários e milicianos se aproximam e junto deles, o clérigo gordo que vocês conheceram anteriormente, ele parece indicar algo, a principio sua voz é inaudível.

- ... Depois disso me escondi e eles perseguiram o traidor. Tomara que estejam todos vivos.

Vocês começam a serem aparados, quando dois homens e um legionário cercam Gilthunder. O clérigo verifica Alicia, enquanto grita:

- Levem eles para o templo!

Um dos guardas para entre todos e diz para seu superior, sob a chuva fina.

- Pelos deuses, que luta... Eles são heróis!

------------------------
Aldred: 300 XP.

Alice: 300 XP.

Hendrid: 300 XP.

Kain: 300 XP.

Sabbah: 300 XP.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 15613

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 28 Mar 2016, 13:40

Re: Crônica II - Heróis

Aldred:

- ...
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 11264

Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Mensagem 28 Mar 2016, 13:44

Re: Crônica II - Heróis

O golpe acerta em cheio Kain e ele cambaleia, mas aparentemente ainda estava vivo e consegue ver o desenrolar da luta e um sorriso brota em seu rosto, mas antes de cair inconsciente Kain fala quase inaudível.


- Espero que não tenha morrido, bufão, eu ainda quero saber mais sobre o que está acontecendo.

E então tudo fica escuro.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.
AnteriorPróximo

Voltar para Uma aventura normal de Tormenta

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: nenhum usuário registrado e 1 visitante.