Na minha mesa...


Com Tormenta Alpha, Arton e 3D&T se unem novamente em uma versão absurdamente poderosa, veloz, dinâmica e colorida. Aqui, você pode chegar até onde nenhum outro artoniano jamais esteve.

Avatar do usuário

Mensagens: 1351

Registrado em: 16 Mar 2016, 07:33

Localização: Florianópolis/SC

Mensagem 22 Mar 2016, 07:00

Na minha mesa...

Com toda essa discussão sobre reformular o panteão, fiquei curioso. Que outras mudanças vocês fizeram (ou fariam) em sua mesa de jogo? Coisas decididas para o cenário antes da primeira aventura mesmo, não as que aconteceram durante alguma campanha. Não precisa ser uma lista extensiva, apenas alguns exemplos que você achar importantes.

Na minha mesa:

▪ As nagahs não são traídoras dissimuladas. Essa história partiu das poucas nagahs sszzaazitas, que queriam espalhar pelo Reinado um ambiente de não saber em quem se pode confiar, para elas algo melhor do que a traição em si. Portanto, nagahs szzaazitas são a exceção, não a regra, mas os que conhecem a situação pensam que é a regra, situação bem mais interessante.

▪ Gwen Haggenfar continua como sumo-sacerdotisa de Wynna, e Niala não existe. Aquela história da Niele voltar "num corpo mais condizente com seu comportamento" não me agrada nem um pouco, considerando o seu histórico como elfa e preocupação com o futuro da raça, como demonstrado em sua aparição na Vingança Élfica.

▪ Kelandra Elmheart não é sumo-sacerdotisa de Keenn. Ninguém sabe ao certo quem é ou mesmo se há algum, apenas que não é ela. Não acho certo ela se tornar sumo uma vez que sua dedicação era mais para com Mestre Arsenal do que para Keenn; caso Arsenal se tornasse deus da guerra, aí sim, se bem que ela continuaria sendo uma personagem sem sal.

Comentem aí, pessoal.
Avatar do usuário

Mensagens: 11264

Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Mensagem 22 Mar 2016, 07:27

Re: Na minha mesa...

Fiz várias mudanças, principalmente por achar a tormenta um plot muito fraco e por ter ido até 1420.

Mas só queria explicar uma coisa: Niala não é Niele.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.
Avatar do usuário

Mensagens: 8

Registrado em: 12 Mar 2016, 12:10

Mensagem 22 Mar 2016, 07:38

Re: Na minha mesa...

herrDoktorat escreveu:
▪ Gwen Haggenfar continua como sumo-sacerdotisa de Wynna, e Niala não existe. Aquela história da Niele voltar "num corpo mais condizente com seu comportamento" não me agrada nem um pouco, considerando o seu histórico como elfa e preocupação com o futuro da raça, como demonstrado em sua aparição na Vingança Élfica.



Quanto a isso, não se preocupe. Já sabemos que ela não é Niele.
É só um rumor, a Niala que não nega os boatos ou inventa uma mais colorida. :lol:


Arsenal continua como sumo sacerdote de Keen, trabalhando junto com Kally.

Glorienn caiu, mas não é escrava. Não estando mais presa a um conceito ela partiu em uma jornada entre os planos para se desenvolver. Mudou de aparência, sumiu.

Clérigos de Alihanna são relativamente comuns em cidades pequenas, ensinam a praticar de forma certa e sem abusos a pecuária e plantio/colheita.

Tenebra é maligna, no passado porém já teve bom coração.

Ainda existe a Tormenta em Tamu-ra

Sereias macho não foram extintos e eles são bonitos.

Oceano é Nagakabouros (Illaoi vai gostar) de Arton

Ragnar é o deus do genocidio, das pestes, dos goblinoides e crueldade

Tem bem mais :D
Avatar do usuário

Mensagens: 2904

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:34

Mensagem 22 Mar 2016, 10:20

Re: Na minha mesa...

Mudanças na minha mesa? Vamos ver....

Allihanna não é dócil, chorona e pacifista. Ela é a dualidade da natureza, provedora e destruidora, e age de forma indiferente ao sofrimento dos mortais. Megalokk é todos os tipos de monstro. Do irracional ao genial. Então a aparência e comportamento dele (de Allihanna também) depende de quem e como está abordando. Na prática, todos os tipos de adorador e facetas são tão certos quanto os outros, então eles meio que perdem as Obrigações e Restrições gerais, ficam só as específicas.
Avatar do usuário

Mensagens: 15613

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 22 Mar 2016, 10:28

Re: Na minha mesa...

Na minha mesa?

Mudança 0 de cenário.

Sobre regras, mudança apenas no TRPG, mas apenas também no que tange ao Talento Regional que é de graça.
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 2639

Registrado em: 10 Dez 2013, 13:49

Localização: Lamnor

Mensagem 22 Mar 2016, 13:20

Re: Na minha mesa...

Certa vez comentei com alguém que é impossível jogar em Arton sem alterar o cenário. Continuo com a mesma certeza. Entretanto, de vez em quando, surge alguém que consegue. Essa pessoal normalmente está a um passo de se tornar um autor do cenário...

Algumas de minhas mudanças ao longo dos anos:

[*]A estátua de Valkaria é bem menor. Isso por que os deuses antigos tinham apenas o tamanho de titãs (~10m). A sua localização também não foi casual. O reinado todo, princialmente Deheon, foi erguido sobre as ruínas de antigos impérios, destruídos ao longo das eras de batalhas entre os deuses. Além da estátua da deusa, principalmente em Deheon, existem centenas de estátuas gigantes dos exércitos dos deuses. Bem antes do filme Fúria de Titãs, os deuses antigos de Arton já viravam pedra quando morriam.

[*]A Aliança Negra não conquistou Lamnor totalmente. Apesar da conquista de vários reinos, outros tantos ainda resistem ao Rei Thwor Punho de Ferro (eu uso todos os nomes em português), um guerreiro hobgoblin licantropo-urso com herança feérica. Lenórienn caiu, mas era apenas uma das cidades dos elfos dentro do reino de Myrvallar. Khinlanas morreu em uma batalha defendendo a cidade (pasmem) aliado a forças humanas. Glórienn por outro lado, derrotou Thwor em combate (ele não morreu), mas foi derrotada por Ragnar, um deus-feiticeiro feérico liberto de sua prisão. Como resultado, a avatar de Glórien morreu e o nascimento de outro está sendo aguardado para servir como receptáculo.

[*]A Guerra Táurica foi longa e difícil. Os minotauros receberam a batalha que queriam desde o início, com os cavaleiros humanos, herdeiros de uma longa tradição marcial, vendendo caro cada feudo, cidade e castelo. Quando os minotauros tentaram avançar sobre Ahlen, foram impedidos pelo exército de Thorngald Vorlat e Thormy, posicionados nas fortalezas no oeste do reino. Apesar da queda da fortaleza, e da prisão de Vorlat e Thormy, as esgotadas forças dos minotauros não conseguiram vencer as defesas do Reinado. Além disso, os reforços dos minotauros que atacariam peno norte foram aniquilados pelas forças tamurianas de Shiro Nomatsu.
Imagem
Imagem
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 1351

Registrado em: 16 Mar 2016, 07:33

Localização: Florianópolis/SC

Mensagem 22 Mar 2016, 14:33

Re: Na minha mesa...

Ryosuke escreveu:Sereias macho não foram extintos e eles são bonitos.

Thumbs up.

Aquila escreveu:Certa vez comentei com alguém que é impossível jogar em Arton sem alterar o cenário. Continuo com a mesma certeza. Entretanto, de vez em quando, surge alguém que consegue. Essa pessoal normalmente está a um passo de se tornar um autor do cenário...

Rachei aqui.

Às vezes eu tenho vontade de usar os nomes em português, mas pra Thwor Ironfist acho que não conseguiria, sempre que penso no assunto fico me lembrando do narrador daquele rádio teatro de Holy Avenger tendo dificuldade pra pronunciar.

Quanto ao negócio da Niala não ser Niele, bom, mesmo não sendo, o fato é que as duas são parecidas e que a Niala é meio que apresentada como se fosse, no Manual do Devoto por exemplo.

Mesmo assim... saiu em algum lugar mais informações sobre a Niala? Qual é a dela, afinal?
Editado pela última vez por herrDoktorat em 22 Mar 2016, 15:14, em um total de 1 vez.
Avatar do usuário

Mensagens: 1100

Registrado em: 09 Dez 2013, 20:04

Localização: Logo ali ======>

Mensagem 22 Mar 2016, 15:02

Re: Na minha mesa...

A coisa mais louca que já fiz em Tormenta foi transformar o Vectorius em um Servo da Tormenta, e fazer Vectora virar uma área de Tormenta ambulante, voando por Arton e soltando demônios em grandes cidades ao estilo império-alienígena-maligno-invasor de super sentai.

Fora isso... O magibol conta como uma "alteração do cenário?" Eu sempre disse que ele não tem jeito de material oficial, por assumir que ele tem que ser ainda mais mágico e fantástico pra funcionar.

No fundo acho que nenhum cenário de RPG é feito realmente pra ser jogado sem alterações. Faz parte do jogo criar o seu próprio mundo, mesmo que baseado em material de outrem.

Já a saída da Gwen Haggenfar do sumo-sacerdócio a gente sabe que foi treta de bastidores, né. Mas acho que a Niala de certa forma encarna melhor o espírito da Wynna como deusa da magia.
Avatar do usuário

Mensagens: 2639

Registrado em: 10 Dez 2013, 13:49

Localização: Lamnor

Mensagem 22 Mar 2016, 15:13

Re: Na minha mesa...

herrDoktorat escreveu:▪ Gwen Haggenfar continua como sumo-sacerdotisa de Wynna, e Niala não existe. Aquela história da Niele voltar "num corpo mais condizente com seu comportamento" não me agrada nem um pouco, considerando o seu histórico como elfa e preocupação com o futuro da raça, como demonstrado em sua aparição na Vingança Élfica.

Eu também não uso Haggenfar. Pelo menos não do modo tradicional. Acredito que um sumo-sacerdote tem que trabalhar bastante em prol da igreja e da divindade. Quando eles se desviam demais do caminho, ou eu troco do status ou mudança para algo mais condizente, como eu fiz com Arsenal, que liderou um ataque do exército de yuden contra Deheon.

Não tive a chance de usar Niala em nenhuma aventura (um erro que deve ser imediatamente remediado). Mesmo achando que ela foi criada para substituir Niele, não pretendo apagá-la. Quanto mais mulheres bonitas tiver, melhor. Tudo indica que as duas não são a mesma, apesar de todas as coincidências envolvendo seus nomes e formas físicas exuberantes.
Imagem
Imagem
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 15613

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 22 Mar 2016, 15:23

Re: Na minha mesa...

Qualquer cenário de RPG é impossível não mudar. Ele começa a mudar no primeiro minuto de uma sessão ahahaha.

Quis dizer que quando começo a mestrar, ou quando meu grupo começava uma aventura ou campanha, a gente pegava o cenário como ele está descrito e partíamos dali.

Mudanças feitas em campanha já fizemos infinitas. Uma significativa é:

Fim da Aliança Negra. Já fizemos uma longa campanha onde o elfo mago do grupo resgatou e casou com Tanya, tornando-se o novo rei de Lenórienn. Ele também virou o deus menor da vingança. Glórienn não caiu nessa campanha pq foi antes da Trilogia da Tormenta ser lançada. Com o fim da Aliança Negra, o paladino de Thyatis do grupo fundou uma cidade em Lamnor e virou rei.
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem
Próximo

Voltar para Tormenta Alpha

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: nenhum usuário registrado e 1 visitante.