O Desafio dos Deuses - ON

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 4869
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: O Desafio dos Deuses - ON

Mensagem por John Lessard » 27 Jan 2018, 10:16

ATO V - CEREJEIRAS VERMELHAS

Capítulo 1 - Na Saúde e na Doença

Nichaela o encara, agora perto da porta. A moça então segura a mesma.
Imagem
- Enviado dos deuses, qualquer poderia falar algo assim, não prova nada... Mas talvez, de fato não me atacou, mas palavras podem ser tão letais quanto.
Ela parou alguns instantes, pensativa.
Imagem
- Pois bem, os guardas estão vindo, mas você tem alguns segundos ainda, escolha bem suas perguntas e responderei se puder, após isso parta.
***

Éleos e Cecília usavam sua última cartada, com o paladino apelando para Lin-Wu e demonstrando seu próprio pode divino. O guarda encarou aquilo com um pouco de assombro.
Imagem
- Mōichido matte kudasai.
- Espere um instante.
O homem então recuou, entrando no palácio por uma porta lateral. A dupla esperou diante do outro guarda, que os encarava. O instante durou muito mais do que imaginavam, quase quarenta minutos, quando finalmente o homem retornou.
Imagem
- Watashitoisshoni ki nasai
- Venham comigo.
Os dois seguiram o homem de armadura oriental por um corredor curto e apertado, até finalmente saírem num vasto jardim sob a luz do luar. Com a pouca luz, não era possível ver todas as cores do local, como o verde, o azul e o rosa das flores. Passaram por algumas patrulhas, até a escadaria que levava ao palácio. Perderam a conta de quanto tempo subiram tamanho era o percurso. A construção erguia-se sobre eles, imponente e diferente de tudo que já viram. Era feita basicamente de madeira vermelha, com telas brancas em formatos de quadrados por tudo sua extensão. A base era de pedras cinzentas e escovadas. O telhado era várias e várias camadas sobrepostas de telhas pretas em arcos, com suas pontas adornadas com bordas douradas. Quando chegaram na entrada e viram o piso de madeira lustrosa, o guarda pediu que tirassem seus sapatos. Avançara então por outros dois guardas que carregavam espécie de alabardas em mãos. Porém, ao invés de seguirem adiante, por um caminho longo até a profundezas do palácio, foram conduzidos até uma sala lateral, com uma porta de telas frágeis e que deslizava para o lado.
Imagem
- Watashi wa ten'nō ni akusesudekinai, sumimasen... Shikashi, anata wa kare ni hanasu koto ga dekimasu
- Eu não possuo acesso ao imperador, sinto muito... Mas vocês podem falar com ele
O guarda então indica o homem na sala, era um figura robusta, vestido com uma túnica cinzenta e armadura sobreposta. Na cintura trazia uma espécie de katana na cintura, embora fosse muito maior do que o normal. Ele tinha um bigode farto e uma cabeleira presa num rabo de cabelo curto, ambos grisalhos.
Imagem
-Watashi wa Aiodan Nakamura, kōtei no anchisukiru no kyaputen, watashi ni chikadzuite iru kyōi o oshiete, anata no kotoba ni seijitsudearu.
- Sou Aiodan Nakamura, capitão da guarda do Imperador, digam a mim a ameaça que se aproxima e sejam sinceros em suas palavras
Dados dos Personagens
Cecília <> PVs: 169/147; PMs: 5/5; PEs: 9/9; PAs: 1; CA: 41/41 <> Condição: Cura Acelerada 3
Éleos <> PVs: 125/103; PMs: 0/0; PEs: 3/3; PAs: 1; CA: 27/26 <> Condição: Destruir o Mal 5/5; Cura Acelerada 3.
Guil Herme <> PVs: 74/74; PMs: 0/0; PEs: 0/0; PAs: 4; CA: 29/29 <> Condição: Cura Acelerada 3
Kazuma <> PVs: 46/46; PMs: 0/0; PEs: 0/0; PAs: 02; CA: 29/29 <> Condição: Cura Acelerada 3
Shir <> PVs: 67/67; PMs: 23/23; PEs: 0/0; PAs: 2; CA: 21/21 <> Condição: Cura Acelerada 3Magias Preparadas: ; Rukmah <> PVs 66/66; CA 21/21; Condição:
Hecaton <> PVs: 79/79; PMs: 34/34; PEs: 0/0; PAs: 1; CA: 33/25 <> Condição: Cura Acelerada 3
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Kairazen
Mensagens: 721
Registrado em: 04 Jan 2014, 18:42

Re: O Desafio dos Deuses - ON

Mensagem por Kairazen » 27 Jan 2018, 14:11

Shir estava preocupada com os demais, não sabia o que eles teriam encontrado na cidade, esperava que estivesse tudo bem, pelo menos ela não estava sozinha, tinha a companhia de Guil e Hecaton, embora ele não falasse sua lingua, o que era uma pena, Shir gostaria de falar com ele para conhece-lo melhor, agora que eram companheiros de equipe. Shir vai olhar para Guil, vendo que ele construía sua maquina estranha e vai perguntar:
Imagem
Guil, onde você aprendeu a construir isso?
*dito em Élfico
Enquanto isso Rukmah estará pousada perto deles, ja se preparando para dormir.

Avatar do usuário
celtz_valmont
Mensagens: 802
Registrado em: 26 Set 2016, 20:39

Re: O Desafio dos Deuses - ON

Mensagem por celtz_valmont » 27 Jan 2018, 20:10

Ele sorri ao escutar a pergunta , ele pega uma de suas ferramentas e para uns instante e fala com ela em élfico.
Imagem
Eu aprendi sozinho, eu era um mercado andarilho com meus pais, porém quando fomos atacados pelas criaturas rubras dizimando minha família e sobrevivendo por pouco graças heróis decidi que iria me vingar dessas criaturas.

Em 2 meses aprendi a lutar sozinho, comecei a criar minhas próprias armas e pesquisei sobre as criaturas rubras , muitos me chamaram de prodígio, não que eu não seja, mas quando se tem uma motivação seus verdadeiros talentos podem florescer.

Continuando eu viejei por varias terras para tentar obter informações sobre as criaturas, aprendi o seu terror e que magia e ineficiente, com meu amor por estudar armas aprendi a construir grande armas de cerco, porém elas não são praticas para viajar, estudei por muito tempo essa arte em tentativa e erro, entre livros e historias, e me tornei um engenheiro de cerco capaz de criar armas de cerco portátil, mas isso me custou minha audição, me tornando meio surdo.

Pode n~parecer que nos halfling sejamos jovens, mas eu sou muito jovem para meus conhecimentos e fama no período, me tornei o halfling prodigio, o caçador do rubro e o halfling de cerco se tornando minhas alcunhas que ganhei com o tempo, nunca desejei me tornar quem eu sou, mas não tenho vergonha das minhas escolhas.
.
Depois de explicar resumidamente sua historia sorrindo um sorriso pesaroso para a garota elfica, então ele continuava a construir perguntando em elfico.
Imagem
E você não quer me contar a historia do seu irmão que conheci la nas florestas elficas? Seria uma honra ser seu ouvinte.
Imagem
"Algumas pessoas pensam que vilão significam maldade, que o caos e ruim, eu acredito que vilões são feitos de escolhas nos quais ele acha certo, mesmo que toda sociedade diga que esta errado, mas as vezes ele esta certo mesmo."- Minha opinião sobre os "vilões " de Nimora

Finis: OFF, ON, Ficha e status

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 8798
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Re: O Desafio dos Deuses - ON

Mensagem por Padre Judas » 27 Jan 2018, 20:52

Sua sinceridade havia funcionado. Eles foram conduzidos por um complexo labirinto de corredores e escadas até chegar a uma sala. Éleos imaginou que à frente estavam os aposentos imperiais, mas deixou isso de lado. Aquilo já era uma grande vitória.
Imagem
-Watashi wa Aiodan Nakamura, kōtei no anchisukiru no kyaputen, watashi ni chikadzuite iru kyōi o oshiete, anata no kotoba ni seijitsudearu.
- Sou Aiodan Nakamura, capitão da guarda do Imperador, digam a mim a ameaça que se aproxima e sejam sinceros em suas palavras
Éleos
Imagem
はい! 聞いてくれてありがとう、中村様! 私は Éleos de Valkaria です。これはセシリア・マドックです。 私たちは外国人であることを知っていますが、私たちの一人はタムラニア人です。 私たちは、偉大な脅威に直面するために、偉大な林呉を含む神々によって送られた異種グループの一員です。

悪魔のレースはこの島に侵入する予定です。" 私たちは間もなくそれが疑われる理由があります。 私たちはポータルをどこで使うのか分からないので、できるだけ多くの人を避難させることが急務です。 残念ですが、後ろにいる人は誰もが死よりも悪い運命に陥るでしょう。

- Sim! Obrigado por nos ouvir, Nakamura-sama! Sou Éleos de Valkaria e esta é Cecília Maedoc. Sei que somos estrangeiros, senhor, mas um dos nossos é tamuraniano. Somos parte de um grupo heterogêneo enviado pelos Deuses - incluindo o Grande Lin-Wu - para enfrentar uma grande ameaça.

- Uma raça de demônios planeja invadir esta ilha. Temos razões para suspeitar que será em breve. Não sabemos onde está o portal que usarão, por isso torna-se urgente evacuar o máximo de pessoas o mais rápido possível. É lamentável, mas todos que ficarem para trás terão um destino pior que a morte.
O paladino tentava ser sucinto e evitar detalhes complicados como a viagem no tempo e o fato de que eles provinham de uma época em que a ilha já fora conquistada. Se conseguissem seguir só com aquilo já seria muito bom e ele poderia dar mais detalhes depois – talvez ao próprio Imperador.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Hoggar: Monstromaquia [DiceScarlet]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17215
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: O Desafio dos Deuses - ON

Mensagem por Aldenor » 28 Jan 2018, 11:18

O guardinha pareceu entender o sentido de sua insignificância e foi buscar alguém melhor que ele para resolver a querela. Cecília cruzou os braços suspirando. Era o momento de treinar sua paciência.

Mas o tempo foi passando...

Nos primeiros dez minutos, Cecília já começava a bater o pé insolentemente.

Ao vigésimo minuto, Cecília olhou para Éleos.
Cecília
Imagem
Esse guardinha acha que pode fazer isso com a gente? Quem ele pensa que é?
Falou em valkar para o outro guarda não entender. Estava convicta que a deixavam esperando de propósito, uma tática suja para ridicularizá-los.

Ao marcar meia hora, Cecília começou a pensar em formas de matar o guarda. Quando voltasse, seria recebido por um mísseis mágicos na boca, teria os braços cortados por sua katana negra e depois, mais um mísseis mágicos, mas dessa vez pelo anus.

Cecília já começara a pensar em desistir de tudo e deixar aqueles tamuranianos morrer quando o guardinha voltou. Cecília estava furiosa. Pensou em esbofetear a cara do guarda pela acinte, mas sua mão parou quando seu olho encontrou o de Éleos. Um homem íntegro, pétreo, parado como uma estátua. Sua resiliência era mesmo admirável. Cecília subitamente sentiu vergonha por seu destempero por motivos banais e tentou entender o lado do guarda. Ele provavelmente estava afundado em burocracia para conseguir achar alguém de autoridade, checar se havia tempo disponível e coisas assim. Afinal, não tinham como saber que eles eram de fato enviado dos deuses.

Logo depois os dois finalmente entraram. Passaram por vários lugares bonitos iluminados pela luz da lua. O ambiente era de paz e serenidade, além de solenidade. Cecília subitamente se sentiu mal vestida para estar ali em uma situação tão séria e protocolar. O pensamento, claro, durou pouco, pois ela era a Rainha Eterna e vestiria o que quisesse sempre. Sua própria presença era solene e deveria ser reconhecida como tal.

Andou com peito estufado, nariz em pé até chegar ao tal homem importante. Não era o imperador, mas talvez tivesse alguma influência. Éleos tomou a palavra e falou bem, praticamente sem sotaque. Cortesia da magia de Hecaton. Mas faltaram alguns detalhes que deixou Cecília pensativa. Por que ocultar as coisas? Talvez fosse útil dar pequenas doses de verdade para a pessoa conseguir acreditar.
Cecília
Imagem
この攻撃は来るでしょう。私たちは神から送られてきたので、これを知っています。 私たちの大陸では、ここにもその神が彼らの信者と選ばれたチャンピオンを通して世界に影響を与えると想像しています。 私たちはこれらの人たちです。私たちは、人々に人を救うための行動をとるように警告する任務を与えられています。
Este ataque virá e sabemos disso porque somos enviados dos deuses. No nosso continente e imagino que aqui também, os deuses influem no mundo através de seus devotos e de seus campeões escolhidos. Somos estes e recebemos a missão de avisá-los para que tomem providências para salvar seu povo.
Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
Astirax
Mensagens: 1144
Registrado em: 06 Fev 2014, 18:02
Localização: Capivara City

Re: O Desafio dos Deuses - ON

Mensagem por Astirax » 28 Jan 2018, 18:34

O Legionário, havia passado 2 ,..3 horas conjurando sua Legião, apenas para renovar sua duração, pelo horário, agora começo da noite, não faria sentido continuar com isso,.. além disso...

Hecaton olhou para baixo, e notou que mesmo trabalhando em sua "arma", Guil conversava com a Shir, conversa que não atrapalhava sua concentração pelo visto.

Ouvia as palavras em élfico, mas não as compreendia, era versado apenas no Valkar, e levou 5 anos para aprender Taúrico, sua mente buscava compreender o que ouvia, mas simplesmente o idioma era distante demais para fazer sentido.

Pelo menos Guil podia entende-lo e então traduzir para Shir se necessário. Não era o momento de ser reservado, eram escolhidos, deveriam ser ... "amigos"

Desceu até eles, , suas lanças iluminando muito o céu, porém não havia como esconde-las, a boa noticia, isso afastaria quem não quissesse problemas,
a má noticia, atrairia quem quisesse.

Esperou uma pausa na conversa entre eles para dizer.
Hecaton
Imagem
--Eles já se foram há muito tempo, e confesso que não lembro se eles nos ..pediram para espera-los ou irmos atrás. Meu medo era que as lanças gerassem pânico, mas agora pensando melhor, ..sobre isso de viagem de tempo, aqui é Tamu-ra, antes da primeira invasão da Tormenta, correto Guil?
Esperou Guil responder e então continuou.
Hecaton
Imagem
--Eu não sei de que época vocês são, mas me ocorreu o seguinte, tenho certa fama em tapista, e em teoria teria mais fama no futuro, mas a Cecilia não me reconheceu, além disso disse que foram os avós dela que derrotaram Arsenal, e não nós, como se mostrou... O ponto é, nada esta como deveria, acredito, ... significa que o que conhecemos pode estar errado, como o relato a senhorita Maedoc.
Deu mais um tempo para que o respondessem, e então concluiu.
Hecaton
Imagem
--Não sei se estamos mudando a história onde a visitamos, ou estamos aqui apenas para ganharmos poder para enfrentar a tormenta, mas ouvi relatos da Batalha de Amarid e entendo a importância da tarefa.
Após isso Hecaton se põe ouvi-los e responde-los quando necessário.
Off:
Apesar de estar sob efeito de Perfeição dos Animais, Hecaton não teve contato o bastante com o idioma élfico ou tamuraniano para considerar, que o entende sob efeito dessa magia.

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 8798
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Re: O Desafio dos Deuses - ON

Mensagem por Padre Judas » 28 Jan 2018, 20:25

Cecília
Imagem
Esse guardinha acha que pode fazer isso com a gente? Quem ele pensa que é?
Éleos ficou um pouco surpreso com a súbita irritação de Cecília e suspirou levemente.
Éleos
Imagem
- Já tivemos muito sucesso em conseguir que ele fosse procurar alguém com graduação suficiente para nos ouvir. Agora olhe esse palácio! É enorme. E as pessoas estão dormindo. Então é preciso considerar que o guarda está indo até seu superior, seguindo alguma cadeia de comando, acordando alguém, ouvindo algumas reprimendas por dar atenção a dois estrangeiros... acho que deveria algum tempo ainda.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Hoggar: Monstromaquia [DiceScarlet]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
celtz_valmont
Mensagens: 802
Registrado em: 26 Set 2016, 20:39

Re: O Desafio dos Deuses - ON

Mensagem por celtz_valmont » 30 Jan 2018, 14:22

Guil escuta a curiosidade do soldadinho então ele sa um sorriso seco e fala.
Imagem
Sim meu caro amigo, você merece uma estrelinha dourada por essa brilhante dedução, sem ironia ou sarcasmo sim, todos nos ja suspeitavamos disso, e suspeito que iremos batalhar contra primeira invasão rubra e nosso objetivo e salvar máximo de vidas possível
Ele escuta a segunda observação do soldadinho.
Imagem
Sinceramente nem sempre nosso futuro que desejamos e o nosso futuro, a senhorita Dourada veio do futuro, mas os relatos que ela teve poderia estar incompleto, possivelmente o arsenal deve ter si curado e encontrado os avos dela depois que terminaram o serviço, ou alguma coisa parecida, o ponto e que nem sempre as historia toda e conhecida, muitos acontecimentos tem relatos imprecisos, possivelmente e ai que nos entramos para enfrentar desafios difíceis e tentar alterar pequenos detalhes, mesmo que não conseguimos alterar a historia, tudo para nos fortalecer teoricamente. Sabe odeio pensar muito sobre isso , viajem no tempo da uma dor de cabeça.
Ele escuta o ultimo comentario do soldadinho então ele fala.
Imagem
E como disse, não que o relato dela esteja errado, so que os avos não deveriam saber que o Arsenal poderia estar mais debilitado do que eles pensavam, mas não gosto de pensar muito nisso e nas implicações, porém você mencionou a batalha do forte Amarid, esse e o período que metade do grupo veio, e nessa metade eu estou incluído, então muitas acontecimentos no futuro como a batalha do Arsenal confiamos nos relatos da "dourada".
Imagem
"Algumas pessoas pensam que vilão significam maldade, que o caos e ruim, eu acredito que vilões são feitos de escolhas nos quais ele acha certo, mesmo que toda sociedade diga que esta errado, mas as vezes ele esta certo mesmo."- Minha opinião sobre os "vilões " de Nimora

Finis: OFF, ON, Ficha e status

Avatar do usuário
Khrjstjano
Mensagens: 5674
Registrado em: 09 Dez 2013, 20:07
Localização: Atrás de você. Não olhe.
Contato:

Re: O Desafio dos Deuses - ON

Mensagem por Khrjstjano » 31 Jan 2018, 20:07

Kazuma esperara que os guardas já teriam invadido o quarto àquela altura, alertados pelo grito da garota que ainda duvidava de suas palavras, mas não. Não a teriam ouvido, talvez? Pouco provável, a não ser que fossem péssimos guardas ou estivessem distraídos com algo. De qualquer forma, Kazuma agradeceu a Lin-Wu por sua boa sorte.
Noiva
Imagem
- Pois bem, os guardas estão vindo, mas você tem alguns segundos ainda, escolha bem suas perguntas e responderei se puder, após isso parta.
Kazuma queria ir com mais calma com ela, mas não teria tempo. Decidiu ir rapidamente ao ponto.
Kazuma
Imagem
Os deuses me enviaram pra cá de volta a Tamura enfrentar um grande mal, quero saber porque ele atacaria aqui.

.. Você sabe algo sobre a tempestade rubra? Os demônios dos demônios... Lefeu?
Disse, observando a porta para ver se haveria tempo de ouvir a resposta.
Seguinte; vou preparar uma ação para caso a porta se abra. A ação é "me esconder". Como, exatamente, depende da situação. Se precisar, eu giro o corpo janela a fora, catando minha arma no meio do caminho e me escondo na sacada. Se precisar, me penduro fora dela, até por baixo. Vê aí o que ocorre. A ideia é ficar por lá, caso os guardas entrem, para ver se numa dessa ela os dispensa quando não me virem e me procura para conversar melhor.

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 4869
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: O Desafio dos Deuses - ON

Mensagem por John Lessard » 01 Fev 2018, 11:06

ATO V - CEREJEIRAS VERMELHAS

Capítulo 1 - Na Saúde e na Doença


A meia-elfa paralisou, pálida.
Imagem
- O-que... O que disse?! Como sabe de algo assim? Fale tudo que sabe! Nós os impedimos em Petrynia, não é possível... I-sso é terrível, se de fato for verdade... Precisamos correr, avisar os todos... Em Petrynia haviam... Cultistas, precisamos confronta-los!
Sombras apareceram atrás da tela da porta, os guardas perguntando o que havia acontecido. A moça não abriu e nem disse nada de imediato, apenas encarou Kazuma.
Imagem
- O que você fará?
***
Imagem
- Kyōi, karera wa iu... Denisu! Sono yōna kiken wa kanōdeshou ka? Bōei o kyōka shi, hito o atsumemashou! Kōtei wa kyōryokude, nani mo watashitachi o odokasu koto wa arimasen!
- Uma ameaça, dizem... De onis?! Tal perigo seria possível me pergunto? Vamos levantar defesas, reunir nossos homens! O imperador é poderoso, nada poderá nos ameaçar!
Então Cecília tomou a frente, explicando o que era aquela ameaça de fato... Porém usou de meias verdades, pequenas mentiras, omitiu alguns fatos e exagerou em outros, como dizer que o próprio Lin-Wu havia os convocado. Os olhos de Aiodan se injetaram de fúria neste momento.
Imagem
Watashi wa jūbun'na wakai josei ga uso to kutsushita o shiyō suru toki o shitte imashita. Anata wa Hayashi Kure no namae o muda ni shiyō suru koto o aete, watashi no heishi no uchi no 1-ri o damasu to watashi no jikan o muda ni suru koto o aete suru ka
- Eu já vivi o suficiente mocinha para saber quando usam de mentiras e meias verdade contra minha pessoa. Você ousa usar o nome de Lin-Wu em vão, ousa enganar um de meus soldados e fazer com que eu perca meu tempo?!
Então Éleos interveio, se desculpando pelas mentiras da moça e contando tudo... A verdade. Explicou o real motivo da ameaça. Aiodan se acalmou, e agora parecia ter uma postura de respeito.
Imagem
- Vu~arukaria no yūben, anata no meiyo wa jikan to kūkan o koete imasu! Watashi wa anata no kotoba o shinjimasu, watashi wa anata ga kachiaru hitodearu koto o mite irukaradesu! Sono yōna kibo no kyōi ni chikadzuku to, sore wa hidoi kotodesu! Watashi wa iku hitsuyō ga arimasu, koko de mattekudasai!
- Éleos de Valkaria, sua honra transcende o tempo e o espaço! Confio em suas palavras, pois vejo que é uma pessoa de valor! Se uma ameaça de tal magnitude se aproxima, é algo terrível! Eu... Tenho que ir, esperem aqui, por favor!
Ele fez uma mensura e saiu. Não muito tempo depois Éleos e Cecília foram acomodados numa sala mais confortável e servidos com chá... O tempo passava, mas nada de Aiodan ter retornado.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Responder

Voltar para “O Desafio dos Deuses”